Artigos, Orgânicos: Produtos e Alimentação, Terapias Integrativas

Medicina e Terapias Antroposóficas: Um caminho que cuida do Ser humano de forma holística

A medicina antroposófica representa um exemplo de melhor prática da “Medicina Integrativa”, conforme definido pelo Consortium of Academic Health Centres for Integrative Medicine.

Uma das empresas de maior referência da medicina antroposófica aqui no Brasil é a Weleda, cujas homeopatias, medicamentos naturais e de produção orgânica uso e indico com sucesso a pacientes, alunos e conhecidos.

A medicina antroposófica é um sistema que apóia e complementa a medicina convencional, desenvolvido no início de 1920, ganhando um alto nível de aceitação na sociedade européia até hoje. A antroposofia tem uma abordagem holística e usa tanto medicamentos convencionais quanto antroposóficos.

A abordagem de tratamento, a escolha de medicamentos e outras terapias é individualizada para cada paciente, visando desenvolver e reforçar a sua capacidade natural de auto-cura.

História

Para compreendermos melhor a origem dessa medicina e a forma como ela é aplicada, olhemos para o conceito da antroposofia, desenvolvido pelo filósofo austríaco Rudolf Steiner (1861-1925), o mesmo criador da Pedagogia Waldorf. Através dele, estuda-se o quanto uma pessoa alcançou a consciência de si e vive em harmonia com o mundo natural e social à sua volta.

A médica holandesa Ita Wegman (1876-1943), co-fundadora da Weleda, desempenhou um papel fundamental no desenvolvimento da medicina antroposófica. Foi a fundadora da primeira clínica antroposófica em Arlesheim, na Suíça, e também co-autora de Steiner em várias publicações.

Para Steiner, a medicina antroposófica não era algo que se opusesse à medicina convencional, constituindo uma alternativa. O médico antroposófico usaria, para além do seu próprio conhecimento, os recursos tradicionais existentes e suas tecnologias, desde que trouxessem benefícios aos pacientes.

No entanto, Steiner notou que estes métodos convencionais eram o resultado de uma ciência redutora. Por essa razão, desenvolveu o seu próprio método científico, usando-o para explorar de que forma a natureza da alma e do espírito influenciam a vida e o funcionamento do corpo físico do ser humano.

Assim, o sistema é embasado nos resultados da medicina orientada à ciência (também chamada de “medicina convencional”) unindo o conhecimento e os métodos da antroposofia. É uma forma integrada de praticar a medicina – diferente das práticas alternativas e complementares, embora siga alguns princípios semelhantes já praticados pela medicina chinesa e ayurveda, por exemplo, no que tange ao diagnóstico.

Princípios

Como parte de uma linha de sistemas terapêuticos especiais, que também inclui homeopatia e fitoterapia, a medicina antroposófica tem como objetivo aprimorar a medicina convencional por meio de métodos terapêuticos e medicamentos específicos.

A medicina antroposófica sempre começa com um diagnóstico convencional, porém o médico que com ela trabalha não é guiado simplesmente pelos sintomas de uma doença. Em vez disso, o profissional examina aspectos psicológicos e mentais do paciente, assim como a capacidade de auto-cura e a aptidão para o desenvolvimento contínuo.

A relação entre os fatores emocionais e físicos no diagnóstico e no tratamento é apenas um dos princípios que norteiam essa medicina. O profissional também observa aspectos da personalidade e as características do paciente, incluindo o porte físico e a linguagem corporal, os movimentos, o aperto de mão, as rotinas de sono, a intolerância ao frio ou calor, a respiração e os ritmos corporais.

Compreensão do Ser Humano

1) O plano material ou físico – que pode ser examinado física ou tecnicamente, como na medicina convencional;

2) O plano das forças vitais ou a vitalidade do indivíduo;

3) O plano mental – que pode ser entendido como a esfera psicológica ou emocional;

4) O plano individual – a individualidade ou o caráter da pessoa (ego).

Para gerar um histórico detalhado e escolher a melhor medicação personalizada, a cooperação entre médico e paciente é essencial. A recuperação é um processo colaborativo no qual o profissional inclui o paciente em cada etapa e, por sua vez, o paciente participa ativamente.

Terapia Antroposófica

É uma abordagem holística e terapêutica, focada na personalidade humana. O processo terapêutico baseia-se no equilíbrio entre quatro princípios organizacionais: o plano físico, o plano das forças vitais (vitalidade), o plano mental (esfera psicológica/emocional), e o plano individual (ego). O objetivo da terapia é restaurar o equilíbrio quando esses quatro princípios estiverem desequilibrados.

A medicina antroposófica é baseada em conceitos de saúde, doença e cura, que refletem o equilíbrio ou desequilíbrio individual desses quatro princípios.

No entanto, a interação entre os quatro fatores resulta em três sistemas funcionais que, por sua vez, correspondem a uma trindade espiritual nos seres humanos:

  • Sistema neurossensorial – pensamento
  • Sistema rítmico – sentimento
  • Sistema metabólico – vontade

Esse sistema triplo permeia todo o nosso organismo e se altera conforme a fase da vida que estamos vivendo. Cada vez que isso acontece, o sistema rítmico (“localizado” entre o neurossensorial e o sistema metabólico) cria um novo equilíbrio para nosso organismo, e isso permite que essa interação harmoniosa continue.

Qualquer deslocamento do sistema de sua posição “normal”, ou seja, entre os outros dois sistemas, faz com que diversos sintomas de uma doença se apresentem.


Euritmia: a arte do movimento

Tipos de Terapia

São usados produtos medicinais convencionais e também antroposóficos para a construção do quadro terapêutico mais adequado ao paciente. A abordagem de tratamento e a escolha de medicamentos e terapias são exclusivas para cada indivíduo, uma vez que visam um processo de desenvolvimento interno, reforçando a capacidade de cura própria e a restauração do equilíbrio de saúde.

Com a ajuda de medicamentos antroposóficos, os processos de cura do corpo podem ser ativados e fortalecidos, e o equilíbrio pode ser restaurado com mais eficácia. Os medicamentos são produzidos de acordo com princípios farmacêuticos e processos próprios. Alguns deles compartilhados com a homeopatia, outros com processos não homeopáticos que refletem a interrelação das pessoas com o mundo da natureza.

A ação dos produtos medicinais pode ser ampliada por aplicações externas e regimes de tratamento. Um paciente pode se beneficiar de compressas, hidroterapia ou banhos médicos; de enfermagem, fisioterapia e terapia de massagem rítmica; de dietética, exercício de euritmia, arteterapia ou psicoterapia, entre várias outras abordagens de terapia antroposófica e de orientações de estilos de vida.

Pesquisa

Desde sua fundação, há quase um século, a medicina antroposófica criou formas de tratamento baseadas em evidências científicas. Assim como qualquer medicina, a metodologia sofreu alterações ao longo dos anos, passando dos relatos de caso e avaliações retrospectivas para os mais sofisticados estudos. Atualmente, esses estudos são usados de forma eficaz , reunindo evidências para subsidiar a prática futura.

À semelhança de outros conhecimentos “descobertos” na linha do tempo da humanidade, os mais de 70 livros escritos por Rudolf Steiner – incluindo as mais de 6.000 conferências publicadas – permanecem como referências atemporais para educadores, terapeutas, profissionais de saúde, médicos e para todo aquele que trilha o caminho do autoconhecimento, da expressão do seu propósito e a transformadora jornada da consciência.

Luciane Strähuber – Educadora da Terapêutica Integrada

Fontes complementares: http://www.imconsortium.org | https://www.weleda.com.br/bem-estar/saude-holistica/medicina-antroposofica | https://www.weleda.com.br/bem-estar/saude-holistica/terapia-antroposofica | Livros de Rudolf Steiner e outros autores – Editora Antroposófica: https://www.antroposofica.com.br/

Quer saber mais? Agende uma orientação personalizada através de uma Consultoria Terapêutica. Conheça a Onoratas Consultoria Integrada e nossos Serviços Online.

Deixe um comentário com amor!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.