Artigos, Meditações e Decretos

Ensinamentos sobre Gratidão: A Revelação Divina da Grande Harmonia

Em 27 de setembro de 1931, Masaharu Taniguchi recebeu esta belíssima canalização, conhecida também como Revelação Divina do Acendedor dos Sete Candeeiros.

Encontrada como um dos excertos do livro do autor: Sutra Sagrada Chuva de Néctar da Verdade – um conjunto de poemas que trazem a essência deste ensinamento – até hoje é conhecida e utilizada por inúmeras pessoas.

Tanigushi foi o fundador da filosofia e movimento Seicho-No-Ie, denominando estas revelações divinas como orientações de Deus, acessíveis a todos nós independente de crença ou religião, uma vez que todos somos filhos do Supremo Criador.

Sua mensagem se trata apenas da semente da gratidão que devemos lembrar de plantar e nutrir todos os dias dentro de nós: na mente, no corpo, na alma e no coração.

Compartilho-a com profunda gratidão por já ter tido e presenciado resultados muito benéficos a partir da conexão com a sua frequência energética, principalmente como harmonizadora de ambientes familiares e residências conflituosas em nível emocional, mental e espiritual.

A mensagem transmitida através do texto é sobre a importância que cada um de nós deve dar à gratidão da mesma maneira à nossa evolução humana e espiritual através da reconciliação com todas as coisas que nos envolvem e nos rodeiam – tanto as que nos conectam à terra, quanto às que nos ligam ao céu.

Sua leitura não requer nenhum tipo de ritual. A menos que você queira criar seu próprio cenário de harmonização, o mínimo seria procurar desligar-se do que for externo a esse momentum que você está criando no tempo e no espaço. Os resultados são os mesmos para qualquer um, sob apenas uma condição: ler com sinceridade, fé e presença no agora.

Em voz alta ou baixa, uma vez ou várias vezes por dia, no quarto antes de dormir ou no intervalo do trabalho. O mais importante é você sintonizar com seu real significado, procurando sentir, através da frequência gerada pelas palavras, a mudança positiva de vibração no seu campo eletromagnético e do que estiver no seu entorno. Isso serve para qualquer tipo de decreto, para que não seja apenas mental.

Meu sincero desejo de que esta revelação, este decreto de elevadas frequências, possa ajudá-lo a harmonizar-se com o que há de mais simples na frequência da gratidão: a vida que recebemos, a nossa maior herança! Namaste!

“Reconcilia-te com todas as coisas do céu e da terra.

Quando se efetivar a reconciliação com todas as coisas do céu e da terra, tudo será teu amigo. Quando todo o Universo se tornar teu amigo, coisa alguma do Universo poderá causar-te dano.

Se és ferido por algo ou se és atingido por micróbios ou por espíritos baixos, é prova de que não estás reconciliado com todas as coisas do céu e da terra.

Reflexiona e reconcilia-te. Esta é a razão porque te ensinei, outrora, que era necessário te reconciliares com teus irmãos antes de trazeres oferenda ao altar.

Dentre os teus irmãos, os mais importantes são teus pais. Mesmo que agradeças a Deus, se não consegues, porém, agradecer a teus pais, não estás em conformidade com a vontade de Deus.

Reconciliar-se com todas as coisas do Universo significa agradecer a todas as coisas do Universo. A reconciliação verdadeira não é obtida nem pela tolerância nem pela condescendência mútua. Ser tolerante ou ser condescendente não significa estar em harmonia do fundo do coração.

A reconciliação verdadeira será consolidada quando houver recíproco agradecer. Mesmo que agradeça a Deus, aquele que não agradece a todas as coisas do céu e da terra não consolida a reconciliação com todas as coisas do céu e da terra.

Não havendo a reconciliação com todas as coisas do Universo, mesmo que Deus queira te auxiliar, as vibrações mentais de discórdia não te permitem captar as ondas da salvação de Deus.

Agradece à Pátria. Agradece a teu pai e a tua mãe.

Agradece a teu marido ou a tua mulher. Agradece a teus filhos.

Agradece a teus criados. Agradece a todas as pessoas.

Agradece a todas as coisas do céu e da terra.

Somente dentro desse sentimento de gratidão é que poderás ver-Me e receber a Minha salvação. Como sou o Todo de tudo, estarei somente dentro daquele que estiver reconciliado com todas as coisas do céu e da terra.

Não sou presença que possa ser vista aqui ou acolá. Por isso não me incorporo em médiuns. Não penses que, chamando por Deus através de um médium, Deus possa Se revelar.

Se queres chamar-Me, reconcilia-te com todas as coisas do céu e da terra, e chama por Mim. Porque sou Amor, ao te reconciliares com todas as coisas do céu e da terra, então, Me revelarei.”

Deixe um comentário com amor!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.